Notícia e entretenimento da cidade!

Moradora de Vinhedo, Gizele Gavazzi é destaque na modalidade de luta Sanda

  • Notícias
  • >
  • Moradora de Vinhedo, Gizele Gavazzi é destaque na modalidade de luta Sanda

Lutadora Gizele Gavazzi soma diversos títulos na modalidade Sanda (Foto arquivo pessoal)

A lutadora de Sanda, uma luta chinesa derivada do Kung-Fu, Gizele Gavazzi, 26 anos, começou a lutar há 6 anos e desde então, não deixou o circuito de competições da Liga Nacional de Kung-Fu. Além disso, faz parte da equipe que compõe a diretoria da Liga e trabalha com a divulgação e organização do Campeonato Brasileiro, que ocorre anualmente em Vinhedo.

Moradora de Vinhedo há 20 anos, Gizele, em entrevista ao Social Vinhedo revelou que sempre quis praticar alguma modalidade de luta. “Inicialmente procurei Muay Thai, que é mais conhecido, mas por ser gordinha e meio desajeitada nenhuma academia me dava muita atenção. Eu queria competir e os professores me deixavam de canto. Passei por quatro academias antes de fazer um treino experimental com o professor Márcio de Sanda e ele falou que eu poderia competir na modalidade”.

 

A esportista tem um total de 17 lutas, 16 vitórias e apenas uma derrota em campeonatos. Já foi campeã brasileira de Sanda na categoria até 65kg por cinco vezes e neste ano foi contemplada com uma bolsa Talento Esportivo do Estado de São Paulo. “Desde que comecei a praticar Sanda, a modalidade virou minha paixão, é uma luta extremamente dinâmica e estratégica, bem diferente de outras lutas em pé ou no chão. É uma luta muito democrática, praticamente qualquer um pode praticar e competir por causa da divisão de pesos” contou a lutadora.

 

Questionada sobre as dificuldades encontradas no esporte, a atleta revelou que é conciliar a carreira de atleta com a profissional e o tempo com a família: “sou analista de marketing em uma multinacional durante o dia e treino à noite. O tempo pode ficar um pouco apertado. Além disso, a maior dificuldade está em conseguir despertar o interesse em outros atletas, especialmente mulheres. Precisamos de mais gente nas competições e academias”.

 

Sobre o futuro no esporte, Gizele disse que pretende continuar praticando Sanda por pelo menos mais dez anos e neste tempo conquistar o máximo de vitórias que conseguir. “Não me vejo sem praticar a luta”, finalizou.

Compartilhe nosso conteúdo:

Redes Socias

Últimas Notícias

Vinhedense Yasmin Antunes representará o Brasil no Sul-Americano de karate

A Associação da Mata Ciliar, que tem convênio com Vinhedo, alerta sobre a criação de animais silvestres como pets de estimação. De acordo com a instituição, essa conduta, “somada com a ignorância e a desinformação sobre as espécies, compromete a vida desses indivíduos”.

20 vagas de vôlei para iniciantes são abertas pela Secretaria de Esportes em Vinhedo

A Secretaria de Esportes de Vinhedo informou nesta segunda-feira, dia 27, que ainda tem vagas abertas, das 20 novas oportunidades no vôlei feminino para iniciantes. As vagas são para alunas nascidas em 2011, 2012 e 2013.

Associação da Mata Ciliar alerta sobre criação de animais silvestres como pets

A Associação da Mata Ciliar, que tem convênio com Vinhedo, alerta sobre a criação de animais silvestres como pets de estimação. De acordo com a instituição, essa conduta, “somada com a ignorância e a desinformação sobre as espécies, compromete a vida desses indivíduos”.

Ceprovi abre 100 vagas de bolsas para cursos técnicos em Vinhedo

O CEPROVI (Centro de Educação Profissional de Vinhedo) está com matrículas abertas até o próximo dia 5 de julho para bolsas de estudos gratuitas integrais nos cursos técnicos de Química, Segurança do Trabalho, Administração, Nutrição e Dietética e Logística.