Notícia e entretenimento da cidade!

Papai Noel de Vinhedo já foi sorveteiro e garçom

  • Notícias
  • >
  • Papai Noel de Vinhedo já foi sorveteiro e garçom

Foto: Up Mídias Digitais

Faltando nove dias para o Natal, uma das épocas mais mágicas do ano, a presença do “bom velhinho” se torna cada dia mais frequente em diversos pontos da cidade, que está repleta de enfeites, luzes e decorações. Mas afinal de contas, quem é o homem de barba branca que está por detrás da roupa vermelha?

O morador de Vinhedo, Orlando dos Reis da Silva, 67 anos, morador da Vila Junqueira, assumiu este ano o papel oficial de “bom velhinho”. “O meu sobrinho, que trabalha com eventos, me convidou para ser o Papai Noel. Ele falou que eu iria me divertir e me incentivou, já que sou um pouco tímido. O início da festividade foi muito emocionante e ver a receptividade, o acolhimento, aquele mar de gente feliz, foi impressionante”, contou Orlando em entrevista ao Social Vinhedo.



Natural de São José do Rio Pardo, Orlando mudou-se para Vinhedo aos sete anos. “Fui um dos primeiros sorveteiros da cidade. Estudava de manhã, à tarde vendia sorvetes e à noite engraxava sapatos na Praça Sant’Ana, para ajudar no orçamento da minha família”, disse, ao complementar que também trabalhou em oficina mecânica, em lavoura, comércio e restaurante. “Me aposentei e parei de trabalhar, mas quando a gente pensa que acabou, aparece o Papai Noel na minha vida”.



Com barba branca natural, Orlando faz sucesso. É fantástico ver o carinho e amor que as pessoas têm por ele fantasiado. E quem pensa que são só as crianças, está enganado. São os adultos também. “As pessoas se empolgam e demonstram um carinho que eu nem imaginava. A experiência está sendo muito gratificante.”



Sobre o momento mais marcante, Orlando relembra emocionado de uma garotinha que foi conversar com o Papai Noel. “Perguntei se ela respeitava os pais, se era uma boa menina e se estava indo bem na escola, e ela disse que sim e que tirava as melhores notas. Perguntei o que ela gostaria de ganhar de Natal e ela disse que queria um panetone pra ela e pros irmãozinhos, já que ela nunca tinha comido. Isso me marcou bastante. No final do trabalho eu comprei e levei panetone pra ela e sua família”, finalizou.

Compartilhe nosso conteúdo:

Redes Socias

Últimas Notícias

Mais de 13 mil moradores de Vinhedo ainda precisam declarar imposto de renda até dia 31

Faltando 12 dias para o fim do prazo para declaração do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física), mais de 13 mil moradores de Vinhedo ainda precisam fazer as declarações, segundo informou a Receita Federal. Até o momento, já foram enviadas 16.384 declarações e a estimativa é que que 30.297 sejam emitidas na cidade até o próximo dia 31.

Carros se envolvem em acidente no cruzamento da Av. Independência em Vinhedo

O cruzamento das Avenidas Independência com Avelino Capellato, em Vinhedo, foi palco de mais um dos recorrentes acidentes de trânsito. No início da tarde desta sexta-feira, dia 17, dois veículos colidiram.

Ônibus Cultural de Vinhedo tem passeio gratuito para o Memorial da América Latina em São Paulo

A edição de maio do projeto “Ônibus Cultural”, realizado pela prefeitura, terá como destino o Memorial da América Latina e o Paço das Artes em São Paulo.

Vinhedense Carol Valentim já cantou com Chitãozinho & Xororó e está lançando álbum

A lei que determina a volta da cobrança do seguro obrigatório de veículos, antes conhecido como DPVAT teve sua sanção publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, dia 17.